/cases fernandes machado

Egas

“Eu sou Priscila Cezar, vice-diretora, e há 15 anos na empresa. Iniciei como estagiária na área administrativa e durante o tempo que trabalho aqui passei por praticamente todos os setores. Já tinha formação acadêmica, mas resolvi fazer um segundo curso que poderia me auxiliar nos novos desafios do trabalho. Desenvolvi conhecimentos mais profundos sobre a Escola e todos os processos que envolvem seu funcionamento. Hoje tenho um cargo de grande responsabilidade na gestão geral da empresa, atuando junto aos diretores”.

A EGAS – Escola de Gastronomia Aires Scavone – iniciou suas atividades em 1996 realizando cursos rápidos e workshops, e desde 2001 promove cursos profissionalizantes de Gastronomia oferecendo oportunidades de aprendizado e aperfeiçoamento tanto para profissionais quanto para amadores. Em todos os cursos e níveis de aprendizado, a EGAS assegura um ensino fundado em sólidas bases científicas, técnicas e éticas. É uma das principais escolas de gastronomia do estado e dispõe de diferentes cursos a nível profissional e doméstico, além de prestar serviços de gastronomia e consultoria para empresas do setor.

Temos como missão “Promover a formação profissional na área da gastronomia, assegurando um ensino de qualidade com sólidas bases científicas, técnicas, estéticas e éticas na elaboração dos alimentos, lançando ao mercado um profissional multiplicador comprometido com nossa identidade cultural”.

Pessoalmente, desejo seguir crescendo junto à instituição e agregando cada vez mais para seu desenvolvimento. Recentemente iniciei uma terceira graduação que acredito poderá auxiliar ainda mais o desenvolvimento da empresa e apoiá-la nas decisões futuras.

A EGAS considera importante contar com o serviço de um escritório de advocacia? Por quê?

Sim! A assistência jurídica em todos os aspectos é necessária para segurança e tranquilidade da empresa, que consegue evoluir nas decisões e no crescimento com bases mais fortes e protegida contra possíveis transtornos, atuando de forma preventiva, facilitando a vida de empreendedores que querem inovar e fazer a diferença sem desrespeitar a legislação vigente.

Conversa com Priscila Cezar (vice-diretora)